Artesanato, gastronomia, cultura e esportes radicais. Pirenópolis é referência nessas áreas e agora quer ser reconhecida pelos cuidados e técnicas de preservação e restauração ambiental. É com esse objetivo que a Comunidade Educacional de Pirenópolis (COEPI) realizará em 14 de fevereiro, na sede da Comunidade Educacional do bairro do Carmo, a primeira Oficina de Restauração Ecológica de Ecossistemas Degradados.

 

O objetivo do curso será expandir os conhecimentos de especialistas no assunto para a comunidade local, para que a população seja o vetor dessa cultura ambiental. Para isso, a COEPI convidou o biólogo da EMBRAPA – Cerrados, Dr. José Felipe Ribeiro, especialista em restauração de ecossistemas degradados para ministrar a oficina prática, que será gratuita e com vagas limitadas (30 vagas). O evento é uma realização da COEPI em parceria com a EMBRAPA e tem apoio da Prefeitura Municipal de Pirenópolis. 

 

A restauração de ecossistemas degradados já acontece naturalmente pelas mãos de muita gente no mundo inteiro. É uma prática cada vez mais frequente e necessária. Isso se verifica nas ações das pessoas nos seus terrenos, nas ruas, nas praças, nas chácaras ou em fazendas de pequeno e grande porte. Em qualquer lugar existe um espaço que pode ser restaurado. O Eu Amo Piri parabeniza a organização da oficina pela iniciativa e considera de suma importância que as pessoas entendam e assimilem esse processo. 

 

Mais de um bilhão de pessoas dependem, como meio de vida no mundo, dos ecossistemas do cerrado e das florestas, tanto como forma de emprego e alimentação, quanto para fabricação de combustível e outros produtos que ajudam a gerar riquezas para o nosso país. Isso sem contar que nossas árvores e plantas são extremamente importantes para manter o meio ambiente saudável, protegendo o solo, as águas e regulando o clima do país e do planeta. Mas essas informações parecem não serem suficientes para uma mudança de consciência. Apesar de tudo isso, nosso país ainda tem grandes áreas degradadas e devastadas pela ação do homem que ignora a importância da preservação e restauração do meio ambiente. 

 

Para suavizar o assunto e fechar a matéria com uma informação legal, acrescentamos que a COEPI irá realizar um Sarau Ambiental na véspera da (13). Compareçam e prestigiem. Vai ser produtivo para você e importante para Pirenópolis. Até lá!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *