Pirenópolis é, sem dúvidas, a cidade mais charmosa de Goiás e está entre as mais belas do país. Cercada por uma paisagem serrana e com a arquitetura colonial preservada, a cidade também oferece um turismo ecológico inigualável. As águas afluem em mais de 80 cachoeiras que atraem turistas de várias partes do Brasil e do mundo.

Caminhar pelo centro histórico de Pirenópolis é viver uma viagem no tempo. As construções coloniais, as fachadas das casas e das igrejas contam a história do ciclo do ouro, período rico da economia brasileira, que tornou a cidade numa das mais importantes de Goiás.

Foi em Pirenópolis, por exemplo, que nasceu o primeiro jornal do Centro-Oeste, A Matutina Meiapontense, criado em 1830, pouco depois da Independência do Brasil. O jornal foi um empenho do Comendador Joaquim Alves de Oliveira, rico comerciante do século 19, proprietário do Engenho de São Joaquim, atual Fazenda Babilônia. O Comendador foi considerado o homem mais rico de Goiás à época.

A arquitetura com traços barrocos ainda preservados dá um charme especial à cidade
A arquitetura com traços barrocos ainda preservados dá um charme especial à cidade

As ruas ladeiradas, as calçadas em pedra e a iluminação subterrânea completam o charme da cidade. Passear pelo centro histórico de Piri à noite é uma experiência sensitiva única, pois, além da bela arquitetura, os bares e restaurantes da cidade oferecem um roteiro gastronômico e cultural que une sabor, tradição, requinte e sofisticação.

Além da inigualável beleza arquitetônica colonial, Pirenópolis abriga no seu entorno várias cachoeiras cercadas por uma vegetação exuberante típica do bioma Cerrado e muito bem preservada.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *