Fecha os olhos e imagina um lugar que quando chove é bom e com sol fica melhor ainda. Se pensou em Pirenópolis acertou na mosca, afinal, não é a toa que foi escolhida entre as 29 cidades mais bonitas do Brasil; seus encantos despertam vários sentimentos nos visitantes que envolvem e aconchegam. Despertam nas pessoas sensações que fazem elas criarem laços com a cidade. Não é pra menos; os casarões, ruas pavimentadas com pedras, fazendas, trilhas e cachoeiras formam um cenário mágico e envolvente.

Tem muita gente que acha que só vale à pena vir a Pirenópolis em dias de sol, mas esse é um engano que leva muitos turistas a não terem a oportunidade de vivenciar a cidade em dias de chuva. Claro que ir a uma cachoeira com água caindo na cabeça é um programa de índio, mas tomar um vinho em um bar, ou adega, da cidade ou mesmo ir a um dos restaurantes da Rua do Lazer é um super programa de inverno.

Em dias de sol, se você não se importar de caminhar um pouco, pode escolher uma das 82 cachoeiras que cercam a cidade para visitar e se refrescar. Também vale esticar a caminhada entre as ruas da cidade para admirar a arquitetura colonial dos casarões antigos e fazer uma verdadeira viagem no tempo.

Se estiver frio à noite, ou mesmo chovendo é possível visitar a charmosa Rua do Lazer; as opções são tantas que, às vezes, você pode ficar na dúvida de onde sentar. São shows ao vivo, cervejas artesanais típicas da cidade e comidas típicas para despertar sensações gastronômicas inesquecíveis.

A chuva e o tempo fechado também ensejam uma visita aos museus da cidade. São vários que estão abertos ao turismo; ainda contam a história da cidade com peças incríveis. O Museu da Arte Sacra, das Cavalhadas e do Divino fazem um tripé da história de Pirenópolis. Você acha que acaba por aí? Ainda temos os cafés de Pirenópolis; o Divino Café, na rua Santa Bárbara, ao lado da Igreja do Bonfim e o Pé Di Café, na rua Aurora, no centro da cidade, são lugares aconchegantes, com decoração impecável, que servem os melhores cafés da região, sem falar das sobremesas entre outros.

Com o cheirinho de terra molhada também vale visitar algumas fazendas da região. A Babilônia é uma delas que preparam pela manhã deliciosos cafés coloniais. Tudo é produzido por lá; do que se come ao que se bebe. Essa é outra experiência que com chuva vai ficar gravada na sua memória para sempre.

Chuva e água fresca não fazem mal pra ninguém, principalmente em Pirenópolis. Será que conseguimos convencer você? Dê uma chance e descubra.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *