Quando uma cidade se transforma em referência não há época para visitá-la. Pode ser no fim de semana, durante a semana — que é mais tranquila — ou durante as férias. Assim acontece com Pirenópolis. Faça chuva ou sol ela é sempre uma boa opção de destino turístico para “desopilar”: termo utilizado por aqueles que andam de cabeça cheia de tanto trabalho e buscam um cantinho de sossego.

Com 82 cachoeiras, sendo que oito estão abertas à visitação, Piri desperta esse sentimento de amor até em quem só ouviu falar das suas belezas. Mas não é só a natureza que encanta e atrai o turista. A cidade é um museu sob o céu. A 150 km de Brasília e a 120 de Goiânia ela preserva casarões e igrejas do século XVIII. Uma das obras que chama a atenção é a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, considerada o monumento histórico mais antigo do Centro Oeste. Ir à cidade e não conhecer a igreja é um pecado.

A vida noturna de Pirenópolis é sedutora e atrai a todos: famílias inteiras e boêmios desgarrados. A Rua do Rosário é a mais frequentada e leva o nome de Rua do Lazer. Realmente a noitada é muito divertida e agitada até altas horas. Há muitos bares e restaurantes com culinárias diversificadas e drinks curiosos.

Na gastronomia, podemos destacar como referência a Fazenda Babilônia, que tem um banquete com cerca que 40 itens da culinária brasileira e o Santuário de Vida Silvestre Vagafogo — uma reserva particular do patrimônio natural, criada em 1990 para promover a educação ambiental, o ecoturismo e a produção sustentável de alimentos. Além da trilha, o Santuário oferece atividades para visitantes com: arvorismo, rapel, tirolesa, pêndulo, observação de fauna e flora, biblioteca, quiosque com redes para descanso e o brunch, uma verdadeira experiência gastronômica com cerca de 45 itens produzidos na própria fazenda a partir de frutos do cerrado e produtos locais ou ainda deliciosos lanches e porções.

Para os amantes da natureza, existem várias opções de cachoeiras, entre elas as do Abade, do Lázaro e dos Dragões. O sítio arqueológico da Cidade de Pedra e o Parque Estadual Serra dos Pirineus também oferecem trilhas e locais para escalada.

A fama da cidade como destino para as férias têm se espalhado. Turistas comuns e famosos desfilam pelas ruelas de paralelepípedo de chapéu, bermudas, roupas casuais e sandália. Foi o caso da jornalista global Fátima Bernardes e seu namorado, flagrados no Divino Café, do empreendimento em construção Eco Resort Quinta Santa Bárbara. Enquanto saboreavam as delícias da Chef Josi Lobo, eram cercados pelos fãs inquietos em busca de selfies com a estrela da telinha. E assim segue a famosa e linda Piri.

 

Posts Relacionados

Piri: aguerrida e solidária

22/05/2020 - 16:41

18

Piri e os encantos do Outono

31/03/2020 - 13:58

18

Piri: um gesto de amor

20/03/2020 - 15:10

18

Carnaval sem lixo em Piri

17/02/2020 - 17:14

18

Sem rumo em Piri

31/01/2020 - 15:15

18

CHUVAS TORRENCIAIS EM PIRI

23/01/2020 - 19:04

18

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *