Evento promovido pelo Quinta Santa Bárbara Eco Resort mobilizou moradores e turistas em prol do Asilo São Vicente de Paula e do projeto social Aldeia da Paz

Joanes Carvalho, Valéria Reis, Josemar Jordão, Maria de Deus, Gláucia Jordão

Ao som do forró e no compasso da quadrilha, o público compareceu em massa  para se divertir e ajudar a quem precisa, durante o 1º Arraiá Julino Beneficente do Quinta Santa Bárbara Eco Resort. O evento, realizado na última sexta-feira (6/07), no Divino Lounge Café, em Pirenópolis, arrecadou mais de 300 quilos de alimentos não perecíveis. As doações irão ajudar duas importantes instituições assistenciais na cidade: o Asilo São Vicente de Paula, que atende a mais de 70 idosos; e o projeto social Aldeia da Paz, que cuida de crianças e idosos vindos de famílias de baixa renda.

Os cabra de bigode

Uma quermesse com várias delícias típicas, como milho cozido, pé-de-moleque, arroz doce, canjica, caldos diversos, paçoca e outros itens, foi preparada especialmente para moradores e turistas da cidade. A animação musical ficou por conta da banda “Os Cabra de Bigode”, composta por um rabequeiro, um violonista e dois percussionistas, que se dividiam entre a zabumba, o surdo, triângulo e outros instrumentos. Os convidados ainda participaram de uma tradicional dança de quadrilha.

“Nosso intuito com esses eventos é sempre estreitar os laços com os moradores da cidade de maneira festiva e, neste evento em específico, mobilizar as pessoas para ajudarem instituições que fazem um trabalho social muito importante, como a Aldeia da Paz e o Asilo São Vicente de Paula”, esclareceu Josemar Jordão juntamente com Joanes Santos, representantes do grupo empreendedor do eco resort durante a festa.

Mobilização social

As instituições de caridade beneficiadas com os donativos arrecadados sobrevivem do artesanato que produzem e de doações. A coordenadora do projeto Aldeia da Paz, a irmã Maria de Deus, falou sobre importância desse tipo de mobilização social promovida pelo Quinta Santa Bárbara. “Coordenamos um asilo e uma creche e, assim, damos suporte às famílias que não têm condições de pagar por serviços como esse”, explica. O trabalho de assistência prestado pela instituição existe desde 1977 na cidade de Pirenópolis.

Augusto Araújo, Lara Lopes, Manfredo Oliveira e Carolina Costa

Da mesma forma, o trabalho realizado pelo Asilo São Vicente, que tem capacidade de abrigar 74 idosos e ajudar externamente 300 famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social, tem impacto direto para os moradores da cidade e de regiões vizinhas, como Corumbá.

O publicitário Augusto Araújo, que vive em Pirenópolis, parabenizou os organizadores do “arraiá” pela busca do envolvimento dos moradores do município. “Com exceção da Festa do Divino, muito tradicional na cidade, os moradores não recebem convites assim com frequência. Isso é muito bacana, além de encontrar amigos e moradores da cidade, é uma festa em prol de uma causa beneficente”, destacou.

[wzslider autoplay=”true” exclude=”6396,6382, 6380, 6379, 6378, 6377,6376,”]

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *