A convite do Quinta Santa Bárbara Eco Resort, que está sendo construído na cidade de Pirenópolis, a Orquestra de Violeiros de Corumbá fará uma apresentação aberta ao público, a partir das 19h desta sexta-feira (1º), no playground do Divino Lounge Café.

O grupo de violeiros preparou um repertório que promete agradar os fãs da cultura caipira com músicas de compositores que foram eternizados nos acordes da viola. Cabecinha, de Paulo Borges; Reino Encantado, de Valdemar Reis e Vicente Machado; Pagode em Brasília, de Tião Carreiro e Pardinho; são algumas das obras que estarão no programa.

Foi a paixão pela cultura goiana de raiz que uniu o grupo há sete anos. De lá pra cá, a orquestra dobrou de tamanho e hoje, regida pelo maestro Alexandre Samuel de Mello, conta com 20 músicos que preservam e resgatam músicas antigas do sertão goiano. A viola é o instrumento que está intimamente ligado às diversas manifestações tradicionais brasileiras, como a catira, folia de reis e outras.

Para Ison, o grupo vai além do entretenimento e tem uma importante função social, que é o de preservar essas canções e repassá-las às novas gerações. “A gente pensa que daqui há alguns anos pode ser que ninguém conheça o que é a verdadeira música de raiz”, conta. Para repassar a cultura às futuras gerações, a orquestra abre espaço para os músicos mirins e conta com 4 crianças violeiras.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *