O Eco Resort Quinta Santa Bárbara, em Pirenópolis-GO, lança no próximo dia 1º de novembro, sexta-feira, às 9h, o projeto Ver de Perto, que contará com a participação de crianças estudantes do ensino fundamental de Pirenópolis. O evento terá início com a apresentação de palestras ministradas por engenheiros e técnicos ambientais, seguidas de um passeio assistido na Área de Preservação Permanente – APP do terreno do Eco Resort.

Há dois anos, essas mesmas crianças participaram de uma ação educacional ambiental e realizaram o plantio de algumas mudas na APP dentro do empreendimento, que foram implantadas com outras, e agora elas retornam para ver o resultado: pequenas árvores que hoje já contribuem para preservação da nascente existente dentro do Quinta Santa Bárbara. As crianças vão instalar placas em algumas árvores indicando as espécies e quem participou do replantio.

O projeto surgiu de uma iniciativa do Quinta Santa Bárbara Eco Resort em sinergia com a Tia Nayra, então professora e diretora da Escola Municipal Luciano da Silva Peixoto. Em 2011, Tia Nayra já ministrava aulas com um viés ambiental e durante os seis anos que atuou na escola, com crianças de 9 anos a 11 anos de idade,foi ajustando o que viria a ser um projeto ambiental de verdade. A educadora explica que sempre no mês de agosto ela levava as crianças para aulas lúdicas, fora da escola, em áreas ambientais, no alto do morro Santa Bárbara. Ministrava cerca de 12 aulas nesse período, onde eram trabalhados a parte de história de Pirenópolis desde a formação da cidade, na área de extração de ouro, até os tempos atuais, com a aplicação das noções básicas sobre o meio ambiente, com metodologias de consciência ambiental, respeito à natureza e informações sobre o que o meio ambiente proporciona aos seres humanos, além da observação crítica dos impactos ambientais gerados pelo desenvolvimento da cidade e o aumento populacional.

“Quando conheci a intenção educativa do Eco Resort voltada para crianças, no último ano da minha gestão, as coisas mudaram. Um dos diretores ficou sabendo do meu trabalho na escola e pediu pra me chamar. Quando entrei em contato, e ele me explicou a ideia e me mostrou o empreendimento, fiquei encantada. Pra mim era a sala de aula que eu precisava para continuar o meu trabalho. Parece que eles adivinharam!” (risos). “Meu Deus do céu! Eu fiquei encantada!” complementa a professora informando que esse convite “foi um achado” por que, em se tratando de um Eco Resort, o espaço é um terreno fértil para tocar o coração e a mente dos seus alunos. Para Tia Nayra o complexo Santa Bárbara é uma referência de profissionalismo e respeito à natureza com a aplicação das técnicas de construção voltadas para a preservação do meio ambiente.

Para os representantes do Quinta Santa Bárbara, o achado foi a professora, que carrega no espírito essa consciência ambiental tão aguçada para lutar pelo meio ambiente. Explicam que só fizeram uma exigência a ela: que o projeto fosse realizado, primeiramente, com as crianças do Bairro Santa Bárbara e do Alto do Bonfim. Segundo eles “os jovens dessas duas regiões devem ser contemplados, em primeiro lugar, com tudo que o empreendimento puder proporcionar no sentido de levar uma mensagem de consciência cidadã e respeito ao meio ambiente. A visão dos empreendedores é de gerar emprego e renda de forma sustentável. Eles informam ainda que, à medida que o Eco Resort for se estabelecendo, mais resultados serão levados para a sociedade local, sobretudo para sua vizinhança, que já foi contemplada com grande obra de captação de enxurradas provenientes das chuvas em parte do Bairro do Bonfim. Segundo o grupo “o Eco Resort é um verdadeiro laboratório cheio de conteúdo, pois tudo dentro dele foi construído pensando na preservação do meio ambiente. Da estação de tratamento de esgoto, às técnicas de reutilização da água,” conclui.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *