O imóvel bicentenário, que integra o Conjunto Arquitetônico, Urbanístico, Paisagístico e Histórico da Cidade de Pirenópolis, foi construído entre os anos 1750 e 1754.

A Igreja Nosso Senhor do Bonfim, em Pirenópolis, está de pintura nova. A edificação histórica, construída em meados do século 18, recebeu neste mês de julho um cuidadoso trabalho de revitalização de sua fachada externa. O imóvel integra o Conjunto Arquitetônico, Urbanístico, Paisagístico e Histórico da Cidade de Pirenópolis e é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde 1990. A igreja não recebia pintura desde 2012. O trabalho faz parte das contribuições do Quinta Santa Bárbara Eco Resort à comunidade pirenopolina.

A execução dos serviços foi acompanhada pelo engenheiro civil Newton Figueiredo Neto, responsável técnico pelas obras provisórias do resort. Antes do início do trabalho, foram apresentados aos técnicos do Iphan os testes de cores de tintas para certificar que a pintura siga as cores atuais da igreja. A área externa total pintada foi de 508 m². A igreja permaneceu com a cor que estava: branco neve nas alvenarias e azul claro e escuro nas molduras, portal e janelas. Ao todo, foram gastos aproximadamente 140 litros de tinta entre esmaltes sintéticos e tinta lisa. A pintura seguiu as etapas de raspagem para remoção da camada fofa e banho de tinta de duas a três demãos.

Restauração da pintura da Igreja Nosso Senhor do Bonfim
Restauração da pintura da Igreja Nosso Senhor do Bonfim

A arquiteta Juliana Mesquita, sócia do empreendimento Quinta Santa Bárbara e responsável pelo projeto, explica que o investimento faz parte da responsabilidade social dos empreendedores e do compromisso do empreendimento com o desenvolvimento sustentável de Pirenópolis. “Trata-se de um patrimônio histórico que deve ser cuidado por todos nós que estamos na cidade”, diz.

Responsável pela paróquia, padre Augusto disse que a reforma foi muito bem-vinda. “É muito importante essa revitalização para a nossa comunidade. É de suma valia para nós e para nossa cidade porque manifesta o interesse de, juntos, continuarmos mantendo e preservando um patrimônio tão belo quanto esse”, destaca. Para o padre, a igreja tem uma importância muito grande no cenário nacional porque retrata um período importante da história do país. “Por isso, preservar é essencial. Fica aqui nossa gratidão e desejamos que essa parceria continue, porque quem mais se beneficia com isso é a nossa comunidade”, afirma.

Sobre a igreja

A Igreja Nosso Senhor do Bonfim acumula 260 anos de história e foi construída por escravos, entre 1750 e 1754. No passado, ela recebeu da Bahia uma imagem de tamanho natural do Nosso Senhor do Bonfim, levada a Pirenópolis por um comboio de mais de 250 escravos a mando do Sargento-Mor Antônio José. Até hoje, é costume entre os moradores da cidade pedir a bênção do Senhor do Bonfim antes das grandes realizações, como viagens, casamentos e manifestações religiosas, como a Festa do Divino e as Cavalhadas.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *